UMA BREVE HISTÓRIA DA FEIRA HIPPIE DE IPANEMA

O artesanato é a raiz do berço cultural dos povos, expressando da forma mais pura as diversas origens e vertentes, que são caracterizadas pelos bordados,bijuterias, crochês, cerâmicas, confecções, culinárias, estamparias, esculturas, pinturas, possibilitando um ambiente popularizado e potencial ponto turístico.

Aos domingos, a Feira de Arte(Feirarte) ocorre na Praça General Osório em Ipanema, já atravessando cinco décadas, e modernizando-se a cada domingo. É a maior exposição de artes e artesanato ao ar livre do mundo, funcionando das 8 horas às 19 horas.

A licença para o funcionamento da Feira Hippie de Ipanema ocorreu após longo período de negociação com as autoridades no final da década de sessenta .O produtor Cultural, artesão e autor do Vídeo Documentário Sempre aos Domingos- expressa a opinião de que” a feira se tornou conhecida e respeitada mundialmente pelas trocas de conhecimentos de culturas dos que vieram de outros países do continente e até da Europa; já que no nosso meio há artesãos e artistas plásticos de diversas origens; croatas, alemães,argentinos,uruguaios,chilenos, portugueses e franceses para citar alguns.

A Feira Hippie resiste heroicamente ao conceito neoliberal de comprar e vender apenas. Neste sentido, fomos chamados a cerrar fileiras com omovimento contra o consumismo desenfreado e que prestigie o trabalho artesanal.  Mais uma vez o autor do site www.feirahippieipanema.net , Frederico Araujo, foi chamado para ajudar a apontar soluções para que a feira hippie não se descaracterize, cedendo aos encantos do capitalismo”.

Como surgiu o Movimento que gerou a Feira Hippie de Ipanema?

No Bar Jangadeiro, em 1968, se reuniam artistas plásticos, na Visconde de Pirajá, proximo ao Cinema IPANEMA, DA COMPANHIA SEVERIANO RIBEIRO, E  LÁ SE ENCONTRAVAM JOSÉ CARLOS NOGUEIRA DA GAMA, ROBERTO DE SOUZA, HUGO BIDET, HOLMES NEVES, , os quais percebendo que as barracas da Feira do Livro permaneciam no local após o término do evento, ouviram de Hugo Bidet a ideia de pendurar quadros nas barracas em frente ao bar.  Todos os demais componentes da mesa ficaram perplexos pela sugestãos. Hugo,então, foi à sua casa. que ficava perto do bar, na Rua Jangadeiros e trouxe desenhos,que foram pendurados numa daquelas barracas que se encontava vazia . Ficaram todos esperando as futuras ocorrências,e logo, apareceram os interessados na aquisição dos desenhos, levando-os.

O êxito possibilitou que todos expusessem seus trabalhos na praça, tornando-se rotina para exposição das artes plásticas naquele local.

Os hippies com seus artesanatos chegam à praça ao constatarem o pontencial de demanda do lugar, mas todos estavam perante a legislação como ilegais e, então ocorre a repressão, obrigando providências junto aos órgãos públicos para a normalização da manifestação artística cultural.

O artísta Plástico Jose Carlos Nogueira da Gama organizou e legalizou a Feirarte. O Sr Hugo Leão de Castro, tambem conhecido como Hugo Bidet, que era serventuário da Justiça, artísta Plastico, ator e poeta participou da formação da Banda de Ipanema, como também da Feira Hippie da Praça Gal. Osório.

O seu apelido advém ,por ele guardar no bidê de seu minusculo apartamento os utencílios domesticos e os seus trabalhos artesanais, aceitou a alcunha, desde que colocassem a letra T no Bidet. Assim surgiu a Feira Hippie de Ipanema.

Texto do ProfessorJosé Augusto Di Jorge Vasconcelos -Referências Bibliográficas ARAUJO,Frederico,Artesãos, Uní-vos -Acesso em 30/08/2015.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Scroll to top